domingo, fevereiro 25

Homem é preso após matar ex-companheira a facadas em Goiana (PE)

Vizinho que tentou intervir também foi esfaqueado; vítima havia se separado do agressor recentemente

Pernambuco
Foto: Arthur Mota/Folha PE
Um homem foi preso em flagrante após cometer um homicídio dentro da casa de sua ex-companheira em Goiana, na Zona da Mata Norte do estado, na quarta-feira (20). A vítima, identificada como a funcionária pública Zuleide Pereira da Cruz, de 51 anos, havia se separado do agressor há 10 dias, mas ele não aceitava o fim do relacionamento. Um vizinho que tentou intervir também foi esfaqueado durante o ataque.
Segundo relatos de parentes da vítima, o agressor, um homem de 54 anos cujo nome não foi divulgado, tinha o hábito de consumir álcool com frequência e costumava ser violento com Zuleide. Recentemente, ela chegou a registrar uma queixa na polícia contra ele, mas posteriormente retirou a denúncia. O casal estava junto há cinco anos.
O trágico incidente ocorreu por volta das 14h na quarta-feira, quando o agressor cercou a casa de Zuleide, localizada na Rua do Rio, no Centro de Goiana, e iniciou uma discussão com ela. Durante o confronto, Zuleide tentou se defender, o que levou o agressor a pegar uma faca e atacá-la brutalmente.
Uma testemunha relatou: “Ele batia muito nela, e ela não procurou a gente, a família. Ela se separou dele, deu queixa na polícia, mas depois foi na delegacia e retirou a queixa. Ele entrou no beco onde fica a casa dela e conseguiu entrar. […] Eles discutiram e ele começou a bater nela, que se defendeu. Aí ele esfaqueou ela. Um vizinho foi esfaqueado na mão.”
Vizinhos da vítima reagiram à situação e agrediram o agressor. A Polícia Militar foi acionada e o homem foi levado para o Hospital da Restauração, localizado no bairro Derby, na área central do Recife. Posteriormente, o agressor foi conduzido à Delegacia de Goiana, onde foi autuado por feminicídio e tentativa de homicídio. Ele permaneceu à disposição da Justiça para a audiência de custódia.
O corpo de Zuleide foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) em Santo Amaro, no Centro do Recife, onde será realizado o exame necroscópico. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *