quinta-feira, abril 18

BNB promove debate sobre economia do Nordeste em Brasília

BNB e autoridades discutem a contribuição da região para o desenvolvimento nacional em evento realizado na capital.

Banco do Nordeste listou setores com mais oportunidades e oferta de crédito (Foto: Divulgação/BNB)
Banco do Nordeste listou setores com mais oportunidades e oferta de crédito (Foto: Divulgação/BNB)

Lideranças políticas e institucionais do BNB se reuniram em Brasília no evento “Nordeste em pauta – A importância da região para o desenvolvimento econômico do país”. O encontro abordou as diversas cadeias produtivas e a contribuição dos estados nordestinos na geração de emprego e renda. O presidente do Banco do Nordeste, Paulo Câmara, e a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, foram alguns dos participantes.🌱💼💡

“O Nordeste não é um problema, ele é parte da solução de fazer um Brasil ainda mais forte”, declarou o presidente do Banco do Nordeste, destacando as potencialidades econômicas que estão influenciando diretamente na melhoria de vida da sociedade nordestina. Em 2023, o Banco aplicou R$ 58,5 bilhões em contratações, um aumento de 27% em comparação a 2022, priorizando empreendimentos no semiárido.

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

Atualmente, o Nordeste representa 14% do PIB do país e 28% da população. O desafio é alcançar um equilíbrio baseado em negócios sustentáveis para manter o crescimento acima da média nacional. Áreas como agronegócio, educação, turismo, energias renováveis e infraestrutura são fundamentais nesse processo.

O Consórcio Nordeste tem um papel importante nesse crescimento, atuando como um espaço de unidade política para solucionar os principais desafios da região. Investimentos de R$ 700 bilhões via PAC nos próximos anos e o protagonismo na área de energias renováveis são oportunidades destacadas pela governadora do RN.

📲Siga nosso perfil no Instagram

O evento, promovido pelo portal Metrópoles em parceria com o BNB, reuniu especialistas e autoridades para discutir o desenvolvimento econômico, social e cultural da região. A mesa principal contou com a mediação do jornalista Guilherme Amado e a participação de representantes do Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional, CAF e Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *