domingo, julho 21

Metroviários de Pernambuco retomam funcionamento parcial após decisão judicial

Sindicato acata ordem do TRT-6 e retoma 100% do sistema durante horários de pico

Metrô Recife
Foto: Guga Matos/JC Imagem

O Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (Sindmetro-PE), que havia mantido uma decisão de greve por tempo indeterminado, decidiu acatar a determinação do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-6) e retomar parcialmente o funcionamento do sistema. Essa decisão segue ao fracasso das negociações e a aplicação de uma multa diária de R$ 60 mil pelo TRT6.

A partir desta sexta-feira (18), as 36 estações do Metrô de Recife voltarão a funcionar nos horários de pico, das 5h30 às 8h30 e das 17h às 20h. Nos demais horários, as estações permanecerão fechadas. O Grande Recife Consórcio confirmou que as linhas especiais continuarão operando.

A escolha de acatar a ordem judicial surgiu após uma assembleia realizada pela categoria nesta quinta-feira (17), decidindo pelo retorno das atividades.

Nesta mesma quinta-feira, um grupo de cerca de 100 metroviários se manifestou em Brasília, cobrando uma posição do governo federal em relação à Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), estatal responsável pelo sistema. O objetivo é impedir a privatização da empresa. O encontro também reuniu representantes de metroviários de outros estados.

Anteriormente, os metroviários haviam suspendido a greve por três dias, operando 100% da frota nos horários de pico, enquanto aguardavam negociações com o Ministério Público do Trabalho de Pernambuco (MPT-PE).

No centro das negociações, a CBTU ofereceu um reajuste salarial de 3,45%, sem aplicação no Piso. Isso fica bem abaixo das demandas da categoria, que inicialmente pleiteava 15% e negociava por 7%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *