terça-feira, maio 21

Lula critica decisão de manter Selic em 13,75% e pede explicação a Campos Neto

 Presidente considera a decisão do Copom “irracional” diante da atual situação econômica

Foto: Divulgação

O presidente Lula (PT) voltou a expressar críticas a Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, após o Comitê de Política Monetária (Copom) optar por manter a taxa básica de juros (Selic) em 13,75% durante reunião finalizada ontem, quarta-feira(21). O petista classificou a decisão como “irracional”.

Durante uma coletiva de imprensa em Roma, na Itália, Lula afirmou que a sociedade brasileira está questionando a postura do Banco Central e que é incompreensível ter uma taxa de 13,75% diante de uma inflação de 5%.

O presidente brasileiro também reforçou a exigência de uma explicação por parte de Campos Neto no Senado Federal. Aliados de Lula têm defendido a demissão do presidente do BC pelos senadores.

Lula ressaltou a responsabilidade de Campos Neto em cumprir a lei, que determina o cuidado com a inflação, o crescimento econômico e a geração de empregos. Ele enfatizou que o presidente do Banco Central deve ser cobrado por suas ações.

Além disso, o presidente afirmou que, em sua visão, Campos Neto estaria atuando contra a economia brasileira, considerando a taxa de juros em 13,75% como inexplicável e sem justificativa. Lula reiterou sua opinião de que o presidente do BC está agindo contra os interesses econômicos do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *