sexta-feira, maio 24

Fortes chuvas inundam rios e acendem alerta para riscos em Pernambuco

 Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata enfrentam consequências das chuvas intensas

Foto: Reprodução Redes Sociais
A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu avisos hidrológicos devido às fortes chuvas que atingem a Região Metropolitana do Recife e a Zona da Mata. Os rios do estado estão inundados, e a previsão é de que as chuvas persistam até o início de julho.

Na localidade de Engenho Maranhão, em Ipojuca, na Região Metropolitana, o rio Ipojuca já ultrapassou a cota de inundação, afetando a cidade com seu extravasamento. A situação também é crítica em Itambé e Goiana, onde o rio Capibaribe Mirim atingiu a cota de inundação.

A Apac alerta para a possibilidade de elevação do nível dos rios nas seguintes áreas:

– Jacuípe: rio Jacuípe;

– Jaboatão dos Guararapes: rio Moreno;

– Joaquim Nabuco (Engenho Bento): rio Sirinhaém.

Além disso, foram emitidos avisos de alerta em relação aos seguintes rios:

– Jaboatão dos Guararapes: rio Duas Unas;

– Jaboatão dos Guararapes: rio Jaboatão;

– Vitória de Santo Antão: rio Tapacurá;

– São Lourenço da Mata: rio Capibaribe;

– Primavera: rio Ipojuca;

– São Benedito do Sul: rio Pirangi;

– Amaraji: rio Amaraji;

– Joaquim Nabuco (Engenho Bento): rio Sirinhaém;

– José Mariano (Ribeirão): rio Amaraji.

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) também emitiu um comunicado alertando para os riscos de movimentos de massa devido às chuvas. O risco é considerado moderado nas seguintes cidades:

Recife;

Olinda;

Jaboatão dos Guararapes;

Camaragibe;

São Lourenço da Mata;

Ipojuca;

Sirinhaém;

Amaraji;

Barreiros.

As fortes chuvas estão causando impactos significativos nessas regiões, e as autoridades recomendam que a população esteja atenta e tome as precauções necessárias para garantir a segurança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *