quarta-feira, julho 24

Fiocruz cria observatório do SUS para acompanhar o funcionamento do sistema

As atividades do projeto serão iniciadas ainda neste mês

Foto: Leonardo Oliveira/Fiocruz

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) lançou, na segunda-feira (10), o Observatório do Sistema Único de Saúde (SUS), que servirá como espaço de análise e soluções do problema que envolvem o sistema. O objetivo é melhorar o direito à saúde e à vida.
Para isso, o observatório promoverá parcerias com o poder público, inclusive, para tornar o acesso à informação mais fácil. Rosana Onocko, a presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) irá abranger as políticas públicas de saúde.
A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz) será vinculada ao observatório, que tem como inspirações outros projetos desse tipo para a área de saúde, como o Observatório Covid-19.
O grupo do projeto será composto por figuras da sociedade civil, integrantes do SUS e figuras da sociedade civil, para discutir sobre estratégias de combate aos desafios históricos que o sistema de saúde brasileiro enfrenta. Tudo isso com base em pesquisas na área.
Ainda nesse mês, começam as atividades do novo observatório. Serão realizados seminários, publicações, oficinas, entre outras ações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *