quarta-feira, julho 24

Em junho, a confiança do consumidor aumenta e volta para patamar otimista

Índice de Confiança do Consumidor aumenta, refletindo o otimismo com cenário econômico mais favorável

Foto: Divulgação
O Índice Nacional de Confiança (INC), elaborado para a Associação Comercial de São Paulo pela PiniOn, chegou a 101 pontos, em junho, com aumentos de 2,0% e 11,0%, em relação a maio, e na comparação com o mesmo mês de 2022, respectivamente. Esse resultado interrompe uma sequência de quatro quedas mensais consecutivas do INC, levando à confiança do consumidor de volta para o campo otimista (acima de 100). A sondagem foi realizada com uma amostra de 1.700 famílias, a nível nacional, residentes em capitais e cidades do interior.
Houve aumento da confiança em quatro das cinco regiões, principalmente no Centro-Oeste, enquanto o índice se manteve estável no Nordeste. No recorte por classes socioeconômicas, houve aumento generalizado do INC para todas as classes, com destaque para o avanço ocorrido na C.
Melhorou a percepção das famílias em relação à sua situação financeira atual, com aumento importante na segurança do emprego. Também houve melhoras relativas das expectativas sobre a situação financeira futura das famílias, a evolução da região de moradia e a situação futura do País.
Essa melhora geral da confiança, contudo, não foi suficiente para aumentar as proporções de entrevistados dispostos a realizar investimentos, comprar itens de maior valor, como carro e casa e comprar bens duráveis, tais como geladeira e fogão. Em todos esses casos, essas proporções, apesar de se manterem majoritárias, diminuíram.
De acordo com o economista do Instituto de Economia Gastão Vidigal da ACSP, Ulisses Ruiz de Gamboa, o INC de junho deste ano mostrou aumento da confiança do consumidor, em relação ao mês anterior, após uma série de quatro quedas consecutivas. “O crescimento da ocupação e o aumento da renda das famílias, num contexto de desaceleração da inflação parecem ser as causas da melhora generalizada da confiança do consumidor.”, avalia o especialista.
Sobre a ACSP: A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 128 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *