segunda-feira, abril 15

Audiência Pública em São Paulo termina em confusão e pancadaria

Disputa política resulta em briga generalizada durante reunião na Câmara dos Vereadores de Taboão da Serra

Briga
Foto: Reprodução/G1
Uma audiência pública realizada na Câmara dos Vereadores de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, terminou em caos e confusão na noite da última quinta-feira (28). A briga começou ainda dentro do plenário da Câmara e se estendeu para o lado de fora do edifício legislativo. 
Mesmo com a intervenção dos guardas municipais, a violência não pôde ser contida. A audiência contava com a participação de centenas de pessoas. De acordo com relatos, as agressões tiveram início devido a disputas por apoio político nas eleições municipais de 2024. A situação se agravou a ponto de requerer a intervenção da Polícia Militar, que utilizou bombas de gás para tentar controlar a situação.
O objetivo original da audiência era permitir que a população apresentasse sugestões de investimentos estaduais para o próximo ano. No entanto, a discussão sobre o orçamento, que teria impacto direto na comunidade local, sequer foi iniciada devido aos tumultos.
Pelo menos quatro deputados estaduais estavam presentes no evento: Ana Alice (PSDB), Fernando Fernandes (PSDB), Luiz Claudio Marcolino (PT) e Eduardo Nobrega (Podemos). A presença de representantes do legislativo estadual demonstra a importância do encontro, tornando a situação ainda mais preocupante diante do ocorrido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *